Estratégia de jogo no Squash simples e eficiente

Quando se é iniciante no Squash, e aqui nos referimos basicamente a maior parte dos squashistas amadores, por mais que pensem ser profissionais, a melhor estratégia de jogo no Squash é manter a simplicidade. Afinal, ninguém aqui ainda é Mohamed El Shorbargy, Gregory Gaultier ou Jonathon Power, que adotam estratégias específicas a cada jogo.

Mas, o que significa manter a simplicidade como estratégia de jogo no Squash?

Bom, primeiro, lembre-se que você não vai vencer uma partida acertando apenas bola no nick, por exemplo. Jogadas vencedoras (winners, no termo em inglês) não acontecem a todo momento. Na verdade, você vai ganhar o jogo melhor ao ser mais consistente que seu adversário.

Quando você joga com alguém melhor que você, em geral, é como se fosse uma sessão de tortura. Ou seja, seu oponente vai fazer você sofrer com trocas de bolas prolongadas, vai te jogar de um lado para o outro da quadra até você se esgotar fisicamente. No fim, você vai ficar de língua de fora e pedindo arrego.

Por isso, a sugestão para melhorar sua estratégia de jogo no Squash é treinar sua consistência. Para isso, mais do que simplesmente bater forte na bola, você precisa melhorar sua técnica. E isso inclui manter a raquete prepara sempre e ser capaz de manter uma troca de bola na paralela, tentando mirar um pouco acima da linha de saque.

Regras de simplicidade para iniciantes

A primeira regra para manter a simplicidade na estratégia de jogo no Squash é bater a bola para onde seu adversário não está. A segunda é variar o ritmo. Ou seja, ataque em 5 ou 10 jogadas e depois troque bola na paralela, tentando mantê-lo atrás de você na quadra.

Simples demais? Ótimo, foque, então nessas duas. Você vai ver como sua estratégia de jogo no Squash vai melhorar. E independente de vitórias imediatas, isso vai te trazer benefícios no longo prazo, acredite.

Caso prático de estratégia de jogo no Squash simples e eficiente

Então você vai jogar com aquele seu amigo que adora bater forte na bola, corre como um maratonista e a todo momento tenta jogadas vencedoras para finalizar o ponto. Para sua sorte, ele também não tem uma movimentação boa no T e não é paciente na construção das jogadas. Por isso, aqui vão algumas recomendações.

Primeiro game
Tente longas trocas de bolas e mantenha-o em movimento. Isto é, faça ele correr diagonalmente tanto quanto possível. Não importa muito se você perder o game, desde que você o desgaste fisicamente tanto quanto possível e varie o ritmo de jogo (com lobs, por exemplo) para suprimir o estilo de jogo agressivo dele.

Segundo game
Varie o jogo com curtas. Sempre que ele errar uma curta, bata forte para os cantos da quadra. Surpreenda-o com um início mais agressivo. Faça-o pensar que vem uma curta, mas jogue uma paralela. Faço-o mudar de direção e reclamar, pelo menos de um ponto.

Terceiro game
Prolongue o sofrimento dele o máximo possível. Assim como os demais games, não se importe muito em perder enquanto estiver se aperfeiçoando na estratégia. Mais importante nesse momento é garantir que ele se “mate” em cada ponto. Ou seja, faça o se esforçar ao máximo. Mantenha-o em desespero nos cantos traseiros da quadra e encurte a bola alta, próxima a parede lateral, mas que seja convidativa para que ele tente continuar o ponto.

Conclusão e recomendações finais

Ter uma estratégia de jogo no Squash é importante em qualquer nível. Para a maior parte de nós amadores, todavia, manter a simplicidade pode ser a mais eficiente. Por isso, mais do que pensar apenas em vitórias, tente pensar no longo prazo. Isto é, no seu desenvolvimento e na sua capacidade de manter a consistência de jogo.

Se, por outro lado, você acredita que já é capaz de dominar determinadas jogadas com razoável eficiência, é sempre possível se divertir um pouco mais jogando Squash. Que tal, por exemplo, no próximo jogo com aquele seu amigo que sempre bate forte na bola, tentar a seguinte estratégia.

  • Game 1. Jogue tantos lobs quanto possível.
  • Game 2. Jogue curtas no nick tanto quanto possível.
  • Game 3. Troque bola na paralela logo de início e tente manter esse estilo de jogo durante todo o game.
  • Game 4. (se necessário). Mantenha-o em movimento o tempo todo, tentando se antecipar com voleios e deixando-o atrás de você na quadra.
  • Game 5. (se necessário). Bata forte e rente ao chão onde ele não estiver.

Se você gostou desse texto, compartilhe conosco suas experiências nos comentários.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui

CONTEÚDO DO BLOG

428FãsCurtir
721SeguidoresSeguir
120SeguidoresSeguir
269InscritosInscrever

Curtinha do squashistas

Receba mensalmente atualizações no seu email.