10 erros que podem prejudicar seu desempenho no Squash

Maus hábitos adquiridos ao longo do tempo não mudam da noite para o dia. Alguns, inclusive, são mais difíceis de consertar. Mas, se você é daqueles que pensa sobre seu jogo e reconhece seus erros, há esperança. Seu desempenho no Squash pode melhorar.

Dito isso, se você se identificar com alguns dos comportamentos listados a seguir, não se preocupe. Você não está sozinho. Contudo, que tal tentar consertá-los nas próximas vezes em que estiver em quadra?

“Cantar” a jogada

Um bom jogador de Squash sempre mantém sua raquete preparada quando vai ao encontro da bola. Isso torna a vida do oponente mais difícil. Isto é, fica complicado para ele adivinhar qual jogada você fará. Consequentemente, também não é fácil se preparar para ela.

Aproximar-se da bola com a raquete despreparada, na frente do corpo, limita suas opções de jogada. Um adversário mais esperto tirará vantagem disso. Ou seja, vai contra-atacar e deixar você em maus lençóis durante o ponto.

Sabe aquela curtinha matadora? Ela pode se virar um let ou até mesmo um stroke se você não atentar para a preparação da raquete.

Admirar a sua jogada

Com que frequência você já efetuou uma jogada achando que seu adversário não chegaria e acabou perdendo o ponto?

No cotidiano dos clubes de Squash, isso é recorrente. Os jogadores esquecem que só se ganha o ponto quando a bola quica duas vezes. Isto é, enquanto isso não acontece, a bola está “viva” e em jogo.

É preciso lembrar que determinadas jogadas que funcionam bem com adversários de menor nível de habilidade, não necessariamente, dão certo com aqueles jogadores melhores que você.

Correr desesperadamente para a bola

Você já percebeu que alguns jogadores conseguem cobrir bem a quadra? Ou seja, parece que eles se movimentam e chegam nas jogadas com o mínimo de esforço? Tudo isso se resumo a movimentação.

Muitos jogadores, frequentemente, correm desesperadamente quando vão ao encontro da bola. Por isso, chegam muito próximos dela e acabam efetuando uma jogada com pouca precisão ou potência. O resultado é um gasto desnecessário de energia e…uma jogada mal executada.

Escolher as jogadas de forma afobada

Os bons jogadores parecem que tem todo o tempo do mundo disponível para chegar nas suas jogadas. Raramente, parecem estar em apuros. Eles escolhem naturalmente a vez de atacar e defender para manter a bola em jogo.

Ocasionalmente, parece que esquecemos que há paredes na quadra de Squash. Na verdade, na maior parte das vezes, a bola bate ou na parede lateral ou na de fundo e permanece em jogo. Logo, a paciência é uma virtude para o desempenho no Squash.

Punir a bola

Um famoso comercial de pneus automotivos já dizia: “potência não é nada sem controle”. O mesmo, podemos dizer, se aplica ao Squash. Ou seja, não se trata apenas de bater forte na bola. Afinal, isso pode contribuir para deixar a bola em jogo. Consequentemente, pode até tirar a vantagem que você tinha na jogada.

Uma bola que “morre” nos cantos do fundo de quadra é mais valiosa do que aquela muita intensa que volta da ao bel prazer do adversário.

Tentar advinhar a jogada precocemente

Você frequentemente perde o ponto porque tentou antecipar a jogada precocemente e foi surpreendido pelo seu adversário?

Uma cruzada rasante, próxima da linha de lata vai te deixar plantado em quadra se você comprometer sua movimentação precocemente. Ou seja, se você se virar para antecipar a jogada e a bola vier paralela, você terá um problema.

É melhor apenas virar lentamente a cabeça para observar a bola, sem comprometer o movimento do corpo. É isso que os bons jogadores fazem.

Não voltar para o T

Quantas vezes já te disseram que você não volta para o T? Se você bateu uma boa paralela ou mesmo uma curtinha no limite, não pense duas vezes, volte para o T. Você já sabe que não adianta ficar admirando suas jogadas. Lembre-se que o desempenho no Squash aumenta quando você controla o T. É isso que os bons jogadores fazem.

Ficar plantado no T

Você tem dificuldade em sair do T para ir até a bola? Quando você saca e vai para o T, você pode cair no erro de ficar os pés na posição central da quadra. Isso dificultará sua movimentação seguinte. Isto é, não será fácil mexer-se adequadamente para ir até a jogada.

Manter-se com o pés leves, relaxados, vai te proporcionar uma movimentação mais apropriada. Logo, você conseguirá ser mais rápido ao sair do T ou na movimentação lateral ou ao precisar virar o corpo.

Não pedir os lets a que que tem direito

Se o seu adversário tem uma tendência de ocupar muito espaço e, inclusive, encobrir uma parte da parede lateral, não tenha dúvidas: pare a jogada. Peça o let ou a depender da interpretação da jogada, pode até ser stroke.

Se decidir continuar a jogada, você está tecnicamente se limitando a uma porção da parede frontal, facilitando a vida do seu adversário. Ele pode efetuar um voleio ou te jogar para o fundo de quadra. Em outras palavras, vai te deixar em apuros e prejudicar seu desempenho no Squash.

Escolher o voleio quando não deveria

O voleio é uma das principais jogadas que temos para colocar pressão no adversário. Já falamos sobre isso em outras oportunidades, inclusive com dicas de Nick Matthew para dominar o voleio curto.

Contudo, apesar de um bom voleio tirar tempo de resposta do oponente na jogada, se mal executado, pode te deixar em apuros.

Saber reconhecer em qual jogada executar o voleio, seja curto ou para mandar a bola para o fundo de quadra é o que diferencia um bom jogador de outro não tão bom.

Conclusão sobre os erros que podem prejudicar seu desempenho no Squash

E então, se identificou com algumas das situações? Caso sim, que bom. Afinal, é sempre bom saber reconhecer onde estamos errando. É dessa forma que podemos direcionar nosso treinamento para melhorar o desempenho no Squash.

É certo que isso toma tempo. Também é preciso determinação e paciência para superar os obstáculos que se apresentam. Contudo, para ter foco, torna-se necessário saber onde se quer chegar. Esperamos que a reflexão trazida aqui possa ajudar você a jogar melhor. No fim das contas, é isso que torna o Squash tão empolgante. Ou seja, essa vontade que temos de nos aperfeiçoar cada vez mais nesse esporte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui

CONTEÚDO DO BLOG

428FãsCurtir
721SeguidoresSeguir
120SeguidoresSeguir
269InscritosInscrever

Curtinha do squashistas

Receba mensalmente atualizações no seu email.