Como o cansaço mental pode afetar seu desempenho no Squash

O cansaço mental é uma das principais fontes de perda de desempenho para qualquer atividade que você realize. O Squash, como sabemos, é um esporte que demanda muito fisicamente. Por isso, não é a toa que após um dia mais puxado no trabalho pode influenciar nos resultados da prática esportiva. Principalmente quando realizadas durante a noite, após a longa jornada laboral.

O cansaço mental ou também fadiga mental é um termo sem uma definição precisa. No geral, representa a percepção de cansaço ou de falta de energia como um todo, sem associação necessária a causas físicas. Isto é, um dia puxado no trabalho, estresses sociais ou qualquer outro período mais prolongado de atividades cognitivas sem descanso ou relaxamento apropriados são bons exemplos de causas para o cansaço mental.

Praticamente todo mundo, em algum momento, já utilizou esse motivo para lamentar um mau desempenho no Squash. Mas, será que há evidência que valide essa tão utilizada “desculpa”?

Evidências científicas sobre cansaço mental e desempenho

Os estudos acadêmicos sobre cansaço mental e desempenho servem, dentre outras coisas, para direcionar o entendimento sobre as ações necessárias para amenizá-lo. Por exemplo, em relação a motoristas e pilotos de avião, os estudos ajudam na formulação de políticas regulatórias quanto à jornada de trabalho.

Em termos do relacionamento entre cansaço mental e desempenho em atividades físicas, há evidências de que o primeiro tem influência sobre o segundo.

No estudo conduzido por Marcora, Staiano e Manning (Journal of Applied Physiology), o objetivo foi justamente estudar o impacto da fadiga mental sobre o desempenho físico em humanos. Para isso, os pesquisadores dividiram os participantes em dois grupos.

Para o primeiro grupo, foram designadas atividades mentalmente estimulantes de memória e atenção com duração de 90 minutos. Para o segundo grupo, no mesmo tempo, foram designadas atividades de relaxamento ou documentários de assuntos leves. Ou seja, com tópicos sobre carros e trens por exemplo.

A hipótese de que o grupo que o primeiro grupo teriam menor desempenho em atividades físicas subsequentes não pôde ser rejeitada. Isto é, os indivíduos desse grupo tiveram significativamente mais exaustão em testes de ciclismo realizados imediatamente após as atividades de esforço mental.

Concluiu-se que a diferença percebida no desempenho dos dois grupos decorreu da maior percepção de esforço mental anterior em contrapartida a qualquer efeito decorrente de outros fatores fisiológicos. Ou seja, os participantes do grupo que passaram por atividades que envolviam memória e atenção sentiram que estavam se esforçando muito mais na bicicleta. Logo, alcançaram resultados significativamente inferiores quando testados.

O estudo é mais uma evidência do poder da mente sobre o corpo humano e como o estado psicológico pode realmente influenciar o desempenho.

Conclusão sobre como o cansaço mental pode afetar seu desempenho no Squash

Apesar de ser difícil de saber ao certo os efeitos do cansaço mental cotidiano no seu estado psicológico, é importante não ser tão rigoroso consigo mesmo quanto ao seu desempenho em uma partida ou treinamento no Squash após um dia mais puxado.

Não se trata de uma “desculpa” qualquer para justificar o baixo desempenho obtido. Afinal, mais do que uma percepção do senso comum, a ciência já tem evidências sobre o relacionamento entre uma coisa e outra.

Por isso, também é necessário pensar em relaxar a mente. Isso pode ser feito por meio do engajamento em atividades que promovam estados mais calmos, como a meditação, yoga ou atividades que não requeiram muita cognição.

A pergunta final é: você já sentiu perda de desempenho devido ao cansaço mental? Compartilhe conosco sua experiência nos comentários!

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui

CONTEÚDO DO BLOG

428FãsCurtir
721SeguidoresSeguir
120SeguidoresSeguir
269InscritosInscrever

Curtinha do squashistas

Receba mensalmente atualizações no seu email.