5 dicas para dominar o boast no Squash e surpreender o adversário

Imagine esse cenário: corredor da quadra livre. O que você faz? Manda uma paralela? Sim, essa é uma excelente opção. Mas será sempre efetiva? Talvez seu adversário já espere essa jogada. Por isso, é sempre bom ampliar o repertório para surpreender o adversário. Confira, então, cinco dicas para dominar o boast no Squash por Laura Massaro, uma das principais jogadoras britânicas da história.

Laura Massaro é uma jogadora forte física e mentalmente, dois atributos muito importantes no Squash. Já falamos sobre a necessidade de desenvolver o jogo interior, bem como do condicionamento físico e fortalecimento muscular para qualquer squashista. Esses elementos contribuem para o sucesso da jogadora britânica. Isto é, a tornaram uma competidora difícil de ser batida no circuito profissional.

Contudo, a tenacidade da jogadora também é complementada com seu repertório de jogadas. E uma de suas armas mais letais é o boast na direita (forehand). Seja para tirá-la de apuros durante uma troca de bola que saiu do esperado ou para encerrar um ponto e deixar a oponente sem reação, Laura Massaro é uma das jogadoras mais eficientes na execução do boast.

Para entender isso, o website da PSA conversou diretamente com Massaro para prover cinco dicas para dominar o boast no Squash. Veja o que diz a jogadora.

Por que Laura Massaro gosta do boast na direita?

O boast na direita (forehand) é um das minhas jogadas preferidas porque é capaz de inverter o momentum de uma troca de bola (rally), além de também poder te dar uma vantagem quando bem executado. Não é, necessariamente, uma jogada que costumo pensar sempre em executar, mas, ao longo dos anos, me ajudou a vencer vários pontos importantes e se adapta ao meu estilo de jogo – é relativamente livre de riscos, mas efetivo.
Laura Massaro

Dica para dominar o boast no Squash número 1

Segundo Massaro, preparar o corpo e a raquete de forma antecipada é essencial para executar um boast eficiente.

Por isso, é importante posicionar o corpo em uma posição na qual a bola possa ficar logo a frente do seus pés. Afinal, com esse posicionamento, você tem mais opções de jogadas.

Ou seja, é possível executar tanto uma paralela quanto o boast, além de deixar o seu adversário em um ponto cego, sem saber o que você fará.

Dica para dominar o boast no Squash número 2

Com o seu corpo posicionado, procure bater na bola logo depois do ponto máximo do quique. Esses milissegundos extras permite que você segure a batida, confundindo seu oponente. Isto é, ele vai ficar hesitante, sem saber ao certo o que você fará.

Ao se preparar para a jogada, você ainda tem a opção de mandar uma paralela, caso seu adversário tente adivinhar seu golpe e avance em sua direção a partir do T.

Dica para dominar o boast no Squash número 3

Você precisa manter sua raquete preparada e utilizar a força do seu pulso para gerar a potência que você perde devido a bater na bola ligeiramente mais baixa do que seu arco natural.

Um boast executado de forma muito suave aumenta o risco de um erro não forçado. Isto é, ir abaixo da linha de lata.

Já um boast com muita força manterá a bola em jogo, mantendo suas chances de vencer o rally.

Dica para dominar o boast no Squash número 4

Segundo Massaro, você não deve pensar na parede frontal! Afinal, ao tentar posicionar a bola perfeitamente nesse local, isso pode te gerar dificuldades no longo prazo. Por isso, é mais importante focar em um ponto de contato sólido na parede lateral.

Se você bater no ponto certo da parede lateral, mesmo que o boast não seja uma jogada vencedora, ainda assim te deixará eu uma posição boa para matar o ponto na batida seguinte.

Dica para dominar o boast no Squash número 5

Não esquecer da importância da terminação. Isto é, acompanhar o movimento da bola, bem como fazer a cobertura da quadra voltando para o T de forma fluída. Desse modo, você se posicionará corretamente para a próxima jogada.

Conclusão sobre as dicas para dominar o boast no Squash

Squash é um jogo de fundo de quadra. Essa é uma verdade para quem joga, além de ser a forma mais simples de tentar dificultar a vida do adversário. Todavia, também é importante mudar o repertório em determinados momentos de uma partida. Afinal, os jogadores tendem a ler o oponente na medida em que o jogo se desenvolve.

Uma das maneiras de quebrar o ritmo é tentar utilizar o boast de forma eficiente, como foi explicado nessa postagem. Isto é, para tentar pegar o adversário desprevenido e, quem sabe, matar o ponto.

Vale lembrar que é importante, então, treinar bem esse fundamento com muitas repetições. Ele deve fazer parte de uma estratégia de jogo. Além disso, o jogador deve se sentir confortável com a aplicação desse recurso durante o jogo.

Se não é do seu costume ou você ainda não desenvolveu bem essa jogada, talvez seja melhor evitar em jogos competitivos. Nas partidas do cotidiano, pode ser uma boa testar para ver como você se sai.

As dicas para dominar o boast no Squash, portanto, servem como um chamado para sair do lugar comum durante um jogo e tentar surpreender o adversário.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, insira seu nome aqui

CONTEÚDO DO BLOG

428FãsCurtir
721SeguidoresSeguir
120SeguidoresSeguir
269InscritosInscrever

Curtinha do squashistas

Receba mensalmente atualizações no seu email.